Álbuns e Participações | Alicia Keys Brasil
Álbuns e Participações


Songs in A Minor

O primeiro álbum de Alicia Keys, Songs in A Minor, foi lançado nos Estados Unidos em junho de 2001, e estreou na primeira posição na lista dos mais vendidos da Revista Billboard, vendendo 235 000 cópias na primeira semana e 50.000 delas no primeiro dia. Venderia mais de dez milhões de cópias no mundo todo, estabelecendo a popularidade de Alicia Keys dentro e fora dos EUA. O primeiro single do álbum, “Fallin'”, ganhou grande rotação em rádios de diferentes estilos musicais (do R&B e Hip-Hop ao pop) e ficou seis semanas na primeira posição da lista dos singles mais vendidos da Billboard. Alicia interpretou “Someday We’ll All Be Free” de Donny Hathaway no concerto televisionado America: A Tribute to Heroes dedicado às vítimas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. O próximo single de Songs in A Minor, “A Woman’s Worth”, ficou entre os dez mais vendidos dos EUA. Keys e seu álbum ganharam cinco Grammys em 2002, incluindo Melhor Artista Revelação e Canção do Ano com “Fallin'”.

 

O terceiro single lançado de Songs in A Minor, “How Come You Don’t Call Me” foi um relativo fracasso para Keys, atingindo a posição de número cinquenta e nove entre os mais vendidos da Billboard. No entanto, o single “Gangsta Lovin'” (um dueto que Keys fez com a rapper Eve para o álbum dela Eve-Olution) atingiu a segunda posição entre os mais vendidos daquela publicação, se tornando outro hit para Keys. O quarto e último single de Songs in A Minor, “Girlfriend”, foi lançado apenas fora dos Estados Unidos, e atingiu a décima terceira posição no ranking dos mais vendidos da Austrália segundo a ARIA.

 

As críticas do álbum de Alicia Keys foram basicamente positivas. O trabalho da cantora foi comparado à música soul dos anos 1970 como a de Curtis Mayfield e Marvin Gaye com influências no hip-hop. No entanto, algumas pessoas acusaram Keys de plágio, especificamente em “Fallin'”, em que ela interpola o ritmo da canção “It’s A Man’s World” de James Brown ao seu. Mas James Brown não foi creditado como compositor da canção graças à J Records, que pagou os devidos royalties a Brown. Depois disso, tudo foi esclarecido.

 

 



The Diary of Alicia Keys

Em dezembro de 2003, Alicia lançou seu segundo álbum, The Diary of Alicia Keys (O Diário de Alicia Keys). Adorado pelos críticos musicais, vendeu mais de 600.000 cópias apenas em sua primeira semana nos Estados Unidos. Até hoje, o álbum já vendeu oito milhões de cópias em níveis mundiais. Os primeiros singles lançado do álbum, “You Don’t Know My Name” e “If I Ain’t Got You, ficaram entre os cinco mais vendidos da Revista Billboard. O terceiro single, “Diary”, ficou entre os dez mais vendidos daquela mesma publicação. O quarto e último single lançado do álbum, “Karma”, não fez tanto sucesso quanto os outros, aparecendo apenas entre os vinte mais vendidos na lista daquela publicação. “If I Ain’t Got You” se tornou o primeiro single de uma artista feminina a ficar mais de um ano no topo da lista de singles mais vendidos de R&B da Billboard, transformando-a na artista de R&B mais vendida do ano de 2004 nos Estados Unidos.
No Grammy de 2005, Alicia ganharia mais quatro prêmios: Melhor Álbum de R&B (The Diary of Alicia Keys), Melhor Performance Vocálica Feminina de R&B (“If I Ain’t Got You”), Melhor Canção de R&B (“You Don’t Know My Name”) e Melhor Performance Vocálica de R&B por um Dueto ou Grupo (“My Boo”, prêmio dividido com o amigo de infância Usher).

 

 

 



Unplugged

Em 14 de julho de 2005, Alicia Keys gravou o seu terceiro álbum, Unplugged (Acústico MTV), na Academia de Música do Brooklyn. Durante essa sessão, Alicia adicionou novos arranjos musicais a suas canções e interpretou alguns covers e duas canções inéditas. Alicia fez um dueto com Adam Levine do Maroon 5 na faixa “Wild Horses” (originalmente gravada pelos Rolling Stones), com os rappers Common e Mos Def em “Love It Or Leave It Alone” e com Damian Marley em “Welcome To Jamrock”.
A sessão foi lançada em CD e DVD em 11 de outubro de 2005. Vendeu quase 200.000 unidades em sua semana de estréia, tornando-se o álbum mais vendido dos Estados Unidos daquela semana, segundo a Revista Billboard. Até hoje já vendeu 1 milhão de cópias somente nos Estados Unidos e quase 2 milhões em níveis mundiais. A estréia do álbum de Alicia foi a maior para uma artista feminina de todas que fizeram um Acústico MTV e a maior de todos os Acústicos desde o MTV Unplugged in New York do Nirvana em 1994. Foi indicado a quatro Grammys, apesar de não ter levado nenhum para casa. Ganhou três prêmios da NAACP, incluindo Melhor Canção do Ano e Melhor Video com “Unbreakable”.

 

 

 



As I Am

As I Am, o quarto álbum de estúdio da cantora, foi lançado no dia 13 de novembro de 2007 nos Estados Unidos. O seu primeiro single, intitulado “No One”, esteve por 11 semanas dentre das três mais, sendo cinco delas em #1 no Billboard Hot100. O segundo single, “Like You’ll Never See Me Again”, chegou em #1 na parada de R&B e entrou nas dez mais do Hot100, atrás apenas do grupo Maroon 5, Madonna e Spice girls. Em 2008 Alicia Keys levou dous Grammys com a melhor performance vocal Feminina com “No One” e Melhor canção de R&B “No One” no ano seguinte em 2009, Alicia levou mais um Grammy como Melhor performance vocal Feminina com “Superwoman” além de quatro NAACP e quatro ASCAP.

 

 

 

 

 

 



The Element of Freedom

O quinto álbum de Alicia (quarto de estúdio) saiu no final de 2009. Desde o lançamento de As I Am a cantora disse pensavar no novo álbum com possíveis participações e foi o que ocorreu no TEOF. Alicia fez um dueto com outra diva americana: Beyoncé, intitulado ‘Put In A Love Song’. Ela confessou que a morte de sua avó em pleno processo de criação do álbum a inspirou em certo modo, fazendo-a ver que “é preciso mostrar carinho às pessoas antes de elas irem embora”. O álbum inclui a segunda parte do hit ‘Empire State of Mind’, cuja versão com Jay-Z chegou ao topo do Hot 100 da Billboard e ainda ‘Unthinkable (I’m Ready)’ em parceria do cantor Drake. Vendeu bem em sua 1ª semana nos EUA, mas ficou em segundo lugar. Os primeiros singles do album “Doesn’t Mean Anything” e “ Try sleeping with a broken heart” nao emplacaram nos primeiros lugares. Atualmente o terceiro single ‘Unthinkable (I’m Ready)’ atingindo #1R&B Hip Hop da Billborad e esta prestes a alcancar o #10 do Hot 100 da Billboard. O quarto single ‘Put In A Love Song’ sera lancado ao final de agosto. Ele teve o clipe gravado no Rio de Janeiro em Fevereiro de 2010.

 

 

 

 


Songs In A Minor 10th Anniversary – Collector Edition

No dia 28 de Junho de 2011 Alicia Keys relança uma nova edicao do seu primeiro sucesso para comemorar seus 10 anos de Carreira. A edicao de colecionador inclui, alem do cd com as musicas originais, um novo cd com duas cancoes inéditas produzidas naquela época, remixes e 3 cancoes ao vivo. Traz ainda um dvd no qual Alicia e seus produtores, empresário e amigos contam toda a trajetoria de criacao dessa obra-prima.
Nesse mesmo dia de comemoracao, ela realiza um show surpresa no Joe’s Pub para seus fas (AKFAM) que haviam ido a NYC para comemorar seus 10 anos de carreira. O Joe’s Pub foi o primeiro palco no qual Alicia Keys ja se apresentou. Ainda no dia 28, ela foi presenteada com sua Estatua de Cera, a qual esta em exposicao no Musem Madame Tussauds em New York. Agora a artista encontra-se imortalizada.
Alem do relançamento do cd, Alicia Keys revive seus grandes sucessos do SIAM e outros dos seus 10 anos de carreira com o Show “Alicia Keys – Piano&I”. Um show intimista contando apenas com a voz e o piano da cantora. Com esse show, AK fez uma pequena tour, realizando 4 shows sendo dois na Europa – Londres e Paris; e dois nos Estados Unidos – Los Angeles e New York.

 

 


Girl on Fire

Considerado pela cantora o melhor cd que ela já fez na vida, após Songs in A Minor.
“Girl On Fire” foi Lançado em 27 de Novembro de 2012. Criado num período de 3 anos desde o lançamento de The Element Of Freedom, casamento (31 de Julho de 2010) com o rapper/Produtor Kasseam Dean conhecido como Swizz Beatz e nascimento do filho Egypt (14 de Outubro de 2010), rompimento com antigo empresário Jeff Robinson e retomada total do empresariado da sua carreira para si.
Segundo Alicia, esse e um cd que demonstra a sua evolução sob todos os aspectos e abrange o momento no qual esta vivendo e a liberdade que sempre sonhou alcançar. Refere que tudo isso tem muito a ver com o casamento e nascimento do filho Egypt.
Dentre os nomes os quais participaram da producao desse cd estão: Swizz Beatz, Kerry Krucial Brothers, Emeli Sande, Bruno Mars, Miguel, JamieXXX, Salam Remi, Jeff basher.
“New day” foi a primeira canção aquecimento lançada via internet, com um Lyric Clipe , em seguida, teve seu clipe oficial contendo imagens de Alicia, momentos mundias históricos, carnaval brasileiro e fotos fãs postadas no aplicativo Instagram.
O primeiro single leva o mesmo titulo do Álbum “Girl on Fire” e foi lançado dia 04 de Setembro sob 3 versões: original, Inferno e Bluelight. A versão inferno teve a participação de da rapper Nikki Minaj e alcançou #38 lugar na billboard na primeira semana. Sua primeira apresentação ao vivo foi no VMA2012.
Com #GOF, Alicia conseguiu pela quinta vez seu #1 Lugar na Billboard na primeira semana de Lançamento vendendo 159.000,00 copias.
Dentre as canções do cd, alem das citadas anteriores Alicia Keys ja apresentou aos fas “Not Even The King”, “Listen To Your Heart” e “Brand New Me”



VH1 STORYTELLERS

Lançado em 25 de Junho de 2013, o CD/DVD “Vh1 Storytellers” de Alicia Keys, é um projeto do Canal Vh1, no qual os artistas cantam seus grandes sucessos e contam a verdadeira historia por trás de cada canção.
Neste Storytellers, Alicia relembra suas antigas canções e acrescenta algumas atuais com bastante humor. Dentre as canções estão “No One”, “Brand New Me”, “You Don’t Know My Name”, “Empire State Of Mind (Pt. II) Broken Down”, “Not Even The King”, “Fallin’”, “If I Ain’t Got You”, “Girl On Fire”, “New Day”, “Try Sleeping With A Broken Heart” e “Un-thinkable (I’m Ready)”.